Image Slider Theme - Jssor Slider, Carousel, Slideshow with Javascript Source Code
Chile
Miami Beach
Istambul, Turquia
Rio Grande do Sul
Bali, Indonésia
Capadócia, Turquia
Bali, Indonésia
São Paulo
Saint Marteen
Istambul, Turquia
São Paulo
Malindi - Africa do Sul
Tribo Masai, Quênia
jQuery Slider

COLUNA ZILDA BRANDÃO
Jornalista - São Paulo, Brazil



Basileia (Basel) - Suíça - Diário de Edna Queiróz
Por Zildda Brandaoh - 12/01/2012 às 13:0


Basileia (Basel) – Suíça

Diário de Edna Queiróz - colaboradora

Uma charmosa cidade medieval com aproximadamente 160 mil habitantes, Basileia é a terceira maior cidade da Suíça. Repleta de paisagens maravilhosas às margens do Rio Reno, é conhecida como o polo cultural do país e cheia de lendas interessantes.

Vista panorâmica da cidade de Basel
Basileia - Basel - Suíça - Diário de Edna Queiróz

O nome Basileia vem do grego antigo e significa ‘navio do rei’, devido a localização estratégica para o Império Romano. Apesar do nome ter sido registrado em 374 A.C. a cidade é muito mais antiga e cheira chocolate com canela na época de Natal.

Vista do Rio Reno
Rio Reno - Basileia - Basel - Suíça - Diário de Edna Queiróz

Ao chegar pela estação de trem, não deixe de comer um famoso macaron da Confiserie Sprüngli (aberta desde 1836), um dos mais gostosos da Suíça, segundo nossa amiga local, Estelle, e melhor do que aqueles que comemos em Paris.

Confiserie Sprüngli
Confiserie Sprüngli - Basileia - Basel - Suíça - Diário de Edna Queiróz

O hotel mais famoso da cidade é Les trois rois (Os três reis), um dos mais luxuosos e antigos da Europa. Nós ficamos hospedados no Kraft hotel, que significa ‘força’ em alemão, parceiro da L’Occitane (eu adoro).

Les trois rois Hotel
Les trois rois Hotel - Basileia - Basel - Suíça - Diário de Edna Queiróz

Diz a lenda, que em outras épocas o hotel Kraft era a residência de uma família muito rica cuja filha, uma moça lindíssima, precisava se casar, mas tinha medo de que todos os homens da cidade estivessem interessados apenas no seu dinheiro. A moça teve a ideia então de fazer um jantar e convidou alguns deles. Durante o jantar, ela observou como eles se comportavam a mesa e escolheu aquele que melhor dobrava o guardanapo. Segundo a moça, isso dizia muito sobre sua educação, caráter e personalidade. O casal viveu feliz para sempre. Imagine se isso virasse moda no Brasil, ia ter curso para homens de como dobrar guardanapo.

Les trois rois Hotel - Basileia - Basel - Suíça - Diário de Edna Queiróz

Les trois rois Hotel - Basileia - Basel - Suíça - Diário de Edna QueirózAlmoçamos num restaurante tradicional, Gifthüttli, que em português significa Casa do Veneno. Diz a lenda, que o nome foi dado porque há muitos séculos, este foi o primeiro lugar a vender vinho e cerveja ao mesmo tempo, uma prática nada comum na cultura da Suíça. A dica é o prato de salsicha branca com rösti.



Após o almoço, vale a pena caminhar pelo centro antigo, conhecer a igreja, a prefeitura e a arquitetura ao longo do rio Reno.

Rio Reno - Basileia - Basel - Suíça - Diário de Edna Queiróz Rio Reno - Basileia - Basel - Suíça - Diário de Edna Queiróz

Outro evento muito tradicional nos países de cultura alemã é a feira de Natal. Na cidade existem duas, não deixe de tomar o Glühwein (vinho quente). As canecas são típicas, você pode leva-las, está incluso no preço. Também tem muito crepe com chocolate regional. Pedimos com Nutella e quase apanhamos, peça “Au chocolat suisse”.

Venda de queijos típicos e fabricação de Raclette
Raclette - Basileia - Basel - Suíça - Diário de Edna Queiróz Raclette - Basileia - Basel - Suíça - Diário de Edna Queiróz

Feira de Natal
Feiral de Natal - Basileia - Basel - Suíça - Diário de Edna Queiróz

Meu filho perdeu o bilhete do bonde, mas tudo bem. Eles nunca pedem! Mas se pedirem, atenção, a multa custa 80 francos suíços (R$ 160).

No centrinho da cidade está uma fonte criada pelo artista Jean Tinguely em 1977, o mesmo que criou a fonte Strawinski do Pompideu em Paris seis anos depois.

Fonte de Jean Tinguely
Jean Tinguely - Basileia - Basel - Suíça - Diário de Edna Queiróz

O jantar foi com uma família tradicional cujo pai era suíço alemão e a mãe francesa. Num desafio cultural e linguístico, nos viramos com uma confusão de idiomas, mas o bom humor sempre prevalecia. Cardápio: raclette com acompanhamentos (cogumelos, milho, salsichão, bacon, cebolinhas, batatas cozidas com casca e temperos) e vinho branco. Uma delicia! De sobremesa, creme de baunilha, salada de frutas e bolo de natal. Mais calorias.

A noite fomos para um lugar totalmente moderno. Bar balada chamado Acqua Basilea (www.acquabasilea.ch). Entrada livre, drinks maravilhosos, cozinha contemporânea e bartenders habilidosos. O drink tradicional Aperol Spritz, uma mistura de Aperol, Prosecco e Soda.
Bar Acqua Basilea - Basileia - Basel - Suíça - Diário de Edna Queiróz Bar Acqua Basilea - Basileia - Basel - Suíça - Diário de Edna Queiróz





Envie por email para um amigo

Leia mais sobre Zilda Brandão


COMENTÁRIOS

Carlos Eduardo Menezes
cemenezes@terra.com.br
Rio de Janeiro
20/08/2015 - 16:14

Gostaria de receber dicas de viagens. Obrigado CEM
------------------------------------------------------------


COMENTE

Seu nome:
Seu email:
Deixar seu email visível: 
Cidade/Estado:

Escreva seu comentário


Digite o código abaixo:
33562



Canadá Inesquecível

HOME
QUEM SOMOS
FALE CONOSCO
TV ZILDA BRANDÃO
COLUNA ZILDA
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
ANTONIO SALANI

Mira & Destino é um site de informações turísticas, gastronômicas, negócios e novidades no mercado voltado para o público de alto luxo. Nossa intenção é trazer sempre o que de melhor acontece no mundo
BUSCA DE NOTÍCIA
RECEBA NOTÍCIAS

Desenvolvimento: Anderson Luiz