Image Slider Theme - Jssor Slider, Carousel, Slideshow with Javascript Source Code
Chile
Miami Beach
Istambul, Turquia
Rio Grande do Sul
Bali, Indonésia
Capadócia, Turquia
Bali, Indonésia
São Paulo
Saint Marteen
Istambul, Turquia
São Paulo
Malindi - Africa do Sul
Tribo Masai, Quênia
jQuery Slider

COLUNA ZILDA BRANDÃO
Jornalista - São Paulo, Brazil



VENCENDO A FADIGA CRÔNICA
Por Zildda Brandaoh - 11/10/2011 às 15:12


Livro esmiúça uma doença muitas vezes não reconhecida pelos médicos: a síndrome da fadiga crônica. Indicado para portadores do distúrbio e profissionais de saúde, a autora explica os sintomas, apresenta elementos para um diagnóstico preciso e oferece um programa multidisciplinar de tratamento.

Dores intensas, cansaço constante, infecções recorrentes, insônia, desânimo, distúrbios gastrointestinais, ansiedade, depressão, baixa imunidade e incapacidade de executar as tarefas mais básicas do dia a dia. Esses são alguns dos sintomas que caracterizam a síndrome da fadiga crônica (SFC), distúrbio que atinge milhares de pessoas no mundo todo. Subestimada pelos médicos, a doença incapacita seus portadores e leva a uma perda acentuada de sua qualidade de vida. Depois de ter passado por tudo isso sem receber assistência médica adequada, a psicóloga inglesa Kristina Downing-Orr dedicou-se a intensas pesquisas sobre a SFC e consultou especialistas de outras áreas da saúde. O resultado desse trabalho está em Vencendo a fadiga crônica - Seu guia passo a passo para o restabelecimento completo (Summus Editorial, 240 p., R$ 53,90).

"Antes de ficar doentes, quase todas as vítimas de SFC são pessoas ativas, ocupadas, à frente de uma vida plena e rica. Uma vez sob o domínio da doença, porém, elas se tornam meras sombras do que foram; seu corpo se comporta como um inimigo, tornando cada despertar uma luta física, emocional e cognitiva que dificulta as ações mais simples. Muitas vítimas passam a viver acamadas e confinadas na própria casa", afirma Downing-Orr. E continua: "Infelizmente, apesar do nível de debilitação causado pela SFC, a medicina convencional oferece hoje pouca ajuda, pois o transtorno é submetido tanto ao estigma social como à falta de conhecimento profissional sobre o assunto".

Dedicada especialmente a pacientes, mas também a profissionais que desejam conhecer a doença, a obra está dividida em três partes. Na primeira, "Apresentando a SFC", a autora conta sua história de luta contra o distúrbio, aborda os principais sintomas decorrentes dele e também aqueles que podem ser confundidos com outras doenças - como fibromialgia e depressão. Então, analisa os desencadeadores da SFC.

Na segunda parte, "O modelo fusão: reabastecendo corpo e mente", Kristina apresenta um modelo revolucionário de tratamento. O paciente pode optar por seguir o método clínico - baseado em suplementos e vitaminas que ajudam o corpo a se reerguer - ou nutricional - que indica os alimentos mais apropriados para restabelecer o funcionamento normal do organismo. Assim, cada um pode escolher o método que melhor se adapte a suas necessidades. Depois de optar por um deles, o paciente segue orientações psicológicas para enfrentar e vencer a doença.

Por fim, em "Recuperando-se da SFC: administrando seu estilo de vida", a autora aponta estratégias para lidar com o estresse durante o tratamento e apresenta exercícios físicos que podem ser incorporados paulatinamente ao cotidiano e ajudam a fortalecer o corpo. Também explica como lidar com recaídas e como o paciente pode conseguir o apoio de parceiros, amigos e familiares para enfrentar a doença.
O livro, que foi escrito com a colaboração de David Mason Brown, clínico geral e especialista no distúrbio, e de Alessandro Ferretti e Jules Cattell, nutricionistas e pesquisadores, traz ainda um apêndice com as principais doenças que podem ser confundidas com a SFC.

A edição da Summus contou com revisão técnica da dra. Thais Saron, médica fisiatra do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HC-FMUSP) e do Hospital do Coração (HCor), garantindo assim maior adaptação à realidade dos pacientes. Ao fim do livro, há uma lista com endereços de instituições e grupos brasileiros que podem ser úteis no combate à doença.

O prefácio à edição brasileira foi escrito pela dra. Lin Tchia Yeng, fisiatra e coordenadora do Grupo de Dor do Instituto de Ortopedia e Traumatologia do HC-FMUSP. No texto, ela afirma: "Kristina Downing-Orr seguiu os princípios de seu mestre e os adaptou. Neste livro, ela descreve detalhadamente o passo a passo de seu programa de autorrecuperação. Pode, assim, servir de referência para as pessoas com SFC, encorajando-as a encontrar um rumo próprio ao longo do tratamento".

A autora
Psicóloga clínica e pesquisadora, escritora, profissional de Programação Neurolinguística, hipnoterapeuta e ex-portadora de SFC, Kristina Downing-Orr lutou durante anos contra a doença. Depois de ser negligenciada pelos médicos, ela resolveu estudar o assunto a fundo e, com o auxílio de colegas da área de saúde, entre eles médicos e nutricionistas, desenvolveu um método holístico para lidar com o distúrbio. Ela também é autora de Rethinking depression [Repensando a depressão]. Ela trabalha e mora em Londres, na Inglaterra.

Título: Vencendo a fadiga crônica
Subtítulo: Seu guia passo a passo para o restabelecimento completo
Autora: Kristina Downing-Orr
Editora: Summus Editorial
Preço: R$ 53,90
Páginas: 240 (14 x 21)
ISBN: 978-85-323-0796-5
Atendimento ao consumidor: 11-3865-9890
Site: www.summus.com.br

 





Envie por email para um amigo

Leia mais sobre Zilda Brandão


COMENTÁRIOS

Não há comentário postado até o momento

COMENTE

Seu nome:
Seu email:
Deixar seu email visível: 
Cidade/Estado:

Escreva seu comentário


Digite o código abaixo:
33662



Canadá Inesquecível

HOME
QUEM SOMOS
FALE CONOSCO
TV ZILDA BRANDÃO
COLUNA ZILDA
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
ANTONIO SALANI

Mira & Destino é um site de informações turísticas, gastronômicas, negócios e novidades no mercado voltado para o público de alto luxo. Nossa intenção é trazer sempre o que de melhor acontece no mundo
BUSCA DE NOTÍCIA
RECEBA NOTÍCIAS

Desenvolvimento: Anderson Luiz