O Novo Mira e Destino vem ai. Aguardem

SAÚDE
SORRIA PARA A VIDA NA AVENIDA PAULISTA - Campanha de prevenção de câncer bucal
Por Zildda Brandaoh - 27/10/2015 às 15:2


SORRIA PARA A VIDA NA AVENIDA PAULISTA - Campanha de prevenção de câncer bucal

Campanha de prevenção de câncer bucal, da ABCD, em parceria com a Drogaria Onofre, fará exames gratuitos na população nesta sexta (30)

A Associação Brasileira de Cirurgiões-dentistas (ABCD) alerta que o câncer bucal atinge 15 mil brasileiros por ano dos quais cerca de 5 mil morrem. A ABCD também está preocupada com o aumento de casos de câncer bucal entre jovens por causa de infecção pelo vírus HPV adquirida em prática de sexo oral sem proteção

Nesta sexta-feira (30/10), a Associação Brasileira de Cirurgiões-dentistas (ABCD), em parceria com a Drogaria Onofre, realiza na Avenida Paulista (SP), mais uma ação da Campanha Sorria para a Vida de Prevenção de Câncer Bucal. Em uma odontovan estacionada em frente à Drogaria Onofre (Avenida Paulista, 1.257 - Metrô Trianon), cirurgiões-dentistas voluntários irão fazer exames gratuitos na população para detecção de câncer bucal. O exame é rápido, indolor, seguro e qualquer pessoa pode fazê-lo.

O atendimento será das 9h às 17h. Os casos de lesões suspeitas como pré-cancerígenas serão encaminhados para biópsia e eventual tratamento em um hospital especializado.

A Campanha Sorria para a Vida, da ABCD, ampliou suas ações de prevenção ao câncer bucal. Além de adultos, está chamando a atenção também dos jovens, em face do crescimento da incidência de câncer oral por HPV, que tem como maior risco a prática de sexo sem proteção. Nos jovens, 32% dos tumores de boca estão relacionados ao HPV. Nos últimos 10 anos, por exemplo, tumores de amigdalas provocados por HPV eram apenas 25% dos casos. Hoje, essa taxa passa dos 80%, registrando um crescimento superior a 300% desse tipo de câncer em jovens, o que está preocupando a área de saúde pública.

O presidente da Associação Brasileira de Cirurgiões-dentistas (ABCD), Silvio Cecchetto, reforça que as ações da entidade dirigidas à prevenção do câncer bucal estão enfocando não apenas os grupos de riscos já conhecidos como fumantes, alcoolistas e idosos, para prevenir a doença principalmente em adultos, “mas também alertar para o perigo do HPV em jovens, que tem provocado aumento da incidência de câncer bucal nessa faixa etária”.

O câncer bucal mata quase 5 mil brasileiros por ano, mas, se a doença for diagnosticada precocemente, a chance de cura é de 80 % a 90%. Para evitar o crescimento da doença e tentar reduzir o número de mortes, a ABCD tem realizado ações diretas com a população em várias localidades do País, durante este ano.

Além da ABCD, a Campanha Sorria para a Vida também tem como realizadores a APCD, o CRO-SP e a empresa Dental Cremer. A ação na Avenida Paulista tem o patrocínio especial da Drogaria Onofre.

Casos de câncer bucal em jovens devem crescer 300% em 10 anos - O HPV causa 50% dos cânceres da orofaringe, indicam dados do Inca. A incidência dos tumores de cabeça e pescoço relacionados ao HPV tem crescido de forma importante nos últimos 20 anos. Acredita-se que no ano de 2020 a sua incidência ultrapassará a de câncer cervical nos Estados Unidos. O câncer bucal por HPV ocupa o 5º lugar nas mortes em todo o mundo e entre seus riscos principais está o sexo sem proteção. Além disso, estudo em andamento mostra que em amígdala, até 80% dos casos estão associados ao vírus HPV. Há 10 anos, essa associação existia em apenas 25% dos casos, representando um crescimento superior a 300%.

Diagnóstico precoce dá chance de cura em até 90% dos casos - O câncer oral por HPV, bem como o câncer bucal por outros fatores podem ser evitados com diagnóstico precoce feito por cirurgião-dentista (região bucal) e por médico (na região da laringe), aos primeiros sinais, seguido de encaminhamento e tratamento rápidos. Com diagnóstico precoce, há chance de cura entre 80% a 90% dos casos de câncer bucal.

Fatores de risco para o câncer bucal - Os principais fatores de risco para o câncer bucal são: fumo; ingestão de bebidas alcoólicas; infecções por HPV, já que 32% dos tumores em jovens estão relacionados a esse vírus, segundo estudo do A.C.Camargo Cancer Center, e exposição à radiação UVA solar (câncer de lábio).

O Instituto de Câncer do Estado de São Paulo (Icesp) aponta que 83% dos homens com câncer de cabeça e pescoço, aí incluído o câncer bucal, são ou foram fumantes. Dos pacientes tratados, 60% são vítimas de tumores localizados na boca e, 40%, na faringe ou laringe. Além desses fatores, observa-se em pacientes com câncer de boca uma higiene bucal deficiente e uma dieta pobre em proteínas, vitaminas e minerais, mas rica em gorduras.

2015: 15 mil brasileiros terão diagnóstico de câncer bucal - Quinze mil brasileiros terão câncer bucal em 2015. Estima-se que desses casos, 70 a 80 % deles serão diagnosticados tardiamente, já na fase adiantada da doença, resultando em pior qualidade de vida, maiores taxas de morbidade e mortalidade, maior risco de mutilação e maior complexidade do tratamento, por meio da reconstrução facial e da reabilitação do paciente, de acordo com dados do Hospital AC Camargo.

Criança com bons hábitos de higiene bucal será adulto saudável - “Estamos iniciando agora um novo movimento que visa à saúde bucal da criança, por meio da inclusão de kit básico com escova, creme e fio dentais na cesta básica do brasileiro. Há inúmeros projetos de lei nesse sentido mas a ABCD luta para que eles realmente se efetivem, saiam da gaveta e virem lei, representando importante passo social para a saúde bucal da população. E a ABCD inclui nesse desafio não só os cirurgiões-dentistas, mas também as demais entidades e as esferas de decisão municipais, estaduais e federal. Com essa luta, fechamos o ciclo de atenção à saúde bucal da população, alcançando todas as faixas etárias, a criança, o jovem e o adulto, prevenindo doenças e aumentando a saúde de maneira integral”, declara Sílvio Cecchetto.

Por que o kit de higiene bucal é importante - Estudos desenvolvidos pela Organização Mundial de Pesquisa da Cárie (Orca, em inglês), a mais respeitada entidade que estuda o problema cárie dental, mostram que crianças de zero a 3 anos que visitam regularmente o cirurgião-dentista, podem ter redução de 69% da doença cárie, presente em cerca de 50% da população infantil. E para a criança ter uma boa higiene bucal, ela necessita de escova, creme e, se possível, fio dental, para criar o hábito que deve se estender por toda a vida que é o da promoção da saúde bucal.





Envie por email para um amigo

Leia mais sobre Saúde


COMENTÁRIOS

Não há comentário postado até o momento

COMENTE

Seu nome:
Seu email:
Deixar seu email visível: 
Cidade/Estado:

Escreva seu comentário


Digite o código abaixo:
34062



HOME
QUEM SOMOS
FALE CONOSCO
TV ZILDA BRANDÃO
COLUNA ZILDA
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
ANTONIO SALANI

Mira & Destino é um site de informações turísticas, gastronômicas, negócios e novidades no mercado voltado para o público de alto luxo. Nossa intenção é trazer sempre o que de melhor acontece no mundo
BUSCA DE NOTÍCIA
RECEBA NOTÍCIAS

Desenvolvimento: Anderson Luiz